Sábado, Julho 31, 2021
Lifestyle

Tu não me falas dessa forma!

Muitas vezes, sou confrontada com a maneira como falo. Mas, no meu simples pensamento, eu apenas digo as coisas como elas são. Sem maldade, sem intenção e sem me importar muito com as consequências, porque, para mim, as coisas são o que são.

Por acaso, ao estudar uma unidade curricular de psicologia, descobri que tenho um estilo de comunicação bastante assertivo, mas também agressivo. Ou seja, eu tendo a exprimir-me de forma clara e objectiva, separando factos de opiniões, dando prioridade aos meus direitos e princípios. Por norma, ouço a opinião dos outros, mas não significa que concorde com ela. Aceito críticas, e priorizo o “Eu acredito”, em vez do “Tu és/estás…” Contudo, quando a outra pessoa vê como problema aquilo que estou a dizer, para mim, tendo em conta que eu estou a ouvir-me tão claramente, tendo a ser agressiva. Calma. Não é agressivo ao ponto de cometer hostilidades, mas agressivo no tom de voz, ou na forma como encerro o assunto.

Esta conclusão foi analisada pelo preenchimento destas questões da imagem abaixo indicadas. Confesso que nunca acreditei, e acredito pouco em testes de psicologia, pelo motivo de defender que embora existam padrões de personalidade, cada um de nós pode ter sempre uma particularidade que faz diferença. Logo, para mim, as avaliações psicológicas deviam ser estreitamente direccionadas à individualidade, e não ao seu padrão/estilo/perfil.

Desculpem, psicólogos. Sei que me odeiam. Mas é recíproco com muitos de vocês.

O ideal é usar papel e caneta para anotar as respostas. Ou façam como eu, e usem um talão do multibanco.

Bom, são 60 perguntas, e devem colocar Verdadeiro ou Falso em cada uma delas. Sendo que cada resposta Verdadeiro vale 1 ponto, e cada resposta Falsa vale O (Falsas é sempre assim, não valem nada, não)

Depois devem somar os pontos obtidos em cada coluna (3ª imagem)

Está quase. Se chegaram até aqui, obviamente vão até ao fim. Uma das coisas que tenho vindo a aprender com as pessoas com quem me cruzo diariamente, é que todas elas (TODAS) gostam de falar sobre si próprias, sobre os seus interesses, gostos, conquistas ou superações (ou lista de compras). Confesso que acho fascinante. Vamos lá…

 

Agora é só somar os pontos em cada coluna.

P = Passivo    AG = Agressivo    M = Manipulador    AS = Assertivo

Exemplo: Passivo – total: 3

Agressivo – total: 13 

Manipulador – total: 5

 Assertivo – total: 15 

Logo,  o estilo de comunicação é Assertivo-Agressivo. 

No meu caso, é precisamente este EC. Portanto, a psicologia justifica o facto de não gostarem lá muito do meu tom, ok? Não é nada patológico ou disfuncional. É apenas um perfil de comunicação, parcialmente aceite, vá.

E vocês? Qual o vosso estilo de comunicação? Corresponde à realidade ou é tudo uma grande treta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back To Top